Despoluição dos rios

O ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho, afirmou que a despoluição dos rios brasileiros é prioritária para o governo. Sarney Filho informou ter recebido do presidente Fernando Henrique Cardoso a determinação para que as discussões sobre o projeto de despoluição dos rios brasileiros sejam aceleradas.

“Nossa palavra de ordem é: vamos salvar os rios brasileiros. Essa é a meta principal para este ano, sem esquecer as outras agendas e assuntos importantes”, afirmou o ministro.

A pedido do presidente da República, Sarney Filho irá convocar o presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Jérson Kelman, para definir regras que irão agilizar as discussões sobre o programa. O ministro informou também que estão assegurados recursos da ordem de R$ 17 milhões para o projeto, pois estudos do Ministério do Meio Ambiente (MMA) indicam que a maioria das bacias hidrográficas do Sul, Sudeste e Nordeste estão comprometidas.

“Em conjunto com outros órgãos do governo temos mais de R$ 17 milhões para o saneamento das cidades que têm reflexo direto no salvamento dos nossos rios”, assegurou o ministro.

O programa para despoluição de bacias será lançado ainda em janeiro. O plano de limpeza dos rios prevê, no lugar de financiamento de obras, incentivos por meio da “compra” do esgoto tratado em todo o país. O programa será implementado pela ANA.

InforMMA