Crise energética deixa Califórnia em estado de emergência

O governador da Califórnia, Gray Davies, anunciou o estado de emergência, no final da noite de quarta-feira, em virtude da crise energética que obrigou as autoridades a ordenar apagões que afetaram cerca de um milhão de pessoas na região da baía de San Francisco.

Davies disse que ordenou ao Departamento Estadual de Recursos Hídricos a compra de energia para manter a Califórnia com luz durante a próxima semana, enquanto sua administração tenta resolver a crise no Estado da costa oeste norte-americana.

Davies acrescentou que o Estado só tem 45% do fornecimento de energia necessário para um dia de operações.

Na quarta-feira, os primeiros apagões foram ordenados desde a 2ª Guerra Mundial. A agência que regula a eletricidade estatal (Cal-ISO) lutava para salvar o sistema da falência e o colapso. Os apagões foram suspensos algumas horas mais tarde. 

(Último Segundo)