Fóssil de 95 milhões de anos é recuperado na Argentina

Há 95 milhões de anos, um saurópode foi dono dos pântanos hoje transformados nas terras áridas da pré-cordilheira argentina. Mas agora um grupo de antropólogos o resgatou da tumba para que ele forneça uma pista sobre o destino dos dinossauros herbívoros.

“Encontramos um dinossauro herbívoro, um saurópode, que deve ter tido uns 30 metros de comprimento e pesado umas 70 toneladas”, disse a bióloga Edith Simon, diretora da equipe de 11 pesquisadores que descobriu a ossada do dinossauro.

Ele foi encontrado em Villa El Chocón, onde em 1990 foi descoberto o Argentinosauros hinculensis, que é até agora o maior dinossauro herbívoro do mundo.

Os restos do animal serão transportados para o laboratório do museu Ernesto Bachman de El Chocón. (Folha de São Paulo com Reuters)