Mortandade de carpas no Parque Barigüi

Cerca de 500 carpas foram encontradas mortas no lago do Parque Barigüi, em Curitiba, durante o feriado.

A maior hipótese, segundo o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), é a poluição da água pelas empresas localizadas nas margens do Rio Barigüi, de onde é proviniente a água do lago.

O resultado da análise da água deve ser concluído no prazo de cinco dias. As análises dos tecidos dos peixes mortos só deverão ser finalizadas dentro de 60 e 90 dias, dada sua precisão.
(ambientebrasil)