Ovelha Dolly está de quarentena por causa da aftosa

Dolly, a ovelha mais famosa do mundo, foi posta em quarentena na fazenda onde vive, na Escócia, por causa do alto contágio da febre aftosa em toda a Grã-Bretanha, disseram os seus criadores na sexta-feira. “Ela está em um local especial”, disse Harry Griffin, um membro do time que clonou a Dolly no Instituto Roslin.

Griffin acrescentou que o centro de pesquisa, que se tornou um local de visitação desde 1996, tem estado em linha com as decisões do governo que visam conter a aftosa. No entanto, explicou que o local reservado a Dolly e a outras ovelhas clonadas não as protege da febre aftosa caso a doença atinja a fazenda.

“Ela está com outras ovelhas clonadas, mas isso não a protegerá de outros animais da fazenda”, disse Griffin. A febre aftosa tem se espalhado por toda a Grã-Bretanha, mas a Escócia estava obtendo sucesso na prevenção contra a doença, até que casos foram confirmados próximos a Lockerbie, no sudoeste do país.

A doença é transmitida pelo ar, pelas roupas das pessoas ou por veículos e afeta porcos, vacas, ovelhas e cabras. Mais de 21 mil fazendas na Grã-Bretanha tiveram de abater seus animais na tentativa de conter a aftosa.
(Terra)