Aprovado licenciamento ambiental de Angra II

O Ministério de Minas e Energia informou que a Eletronuclear, o Ministério Público Federal e o Ibama assinaram nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro, o Termo de Compromisso de Conduta referente ao licenciamento ambiental de Angra II, o que permitirá a comercialização da energia produzida pela usina.

Segundo a nota do ministério, a Eletronuclear deverá promover melhorias nas condições de tráfego e segurança nos 60 quilômetros do trecho da rodovia BR-101 entre as cidades de Angra dos Reis e Parati, no Estado do Rio de Janeiro.

A empresa deverá contratar novos estudos para melhorar as condições de operação do Plano de Emergência Externo. De acordo com o termo, também será iniciado o processo de licenciamento, no Ibama, para a ampliação dos depósitos de rejeitos nucleares.

A nota do Ministério diz que, nos próximos dois anos, a Eletronuclear investirá R$ 40 milhões em projetos ambientais, além dos R$ 12 milhões que já são investidos anualmente em compensação sócio-ambiental.
(Estadão)