Curitiba cria comissão para atendimento de vendavais

Um vendaval de uma hora e meia com ventos de 60 km por hora e chuva equivalente a uma semana castigou Curitiba na noite de sexta-feira passada, provocando a queda de diversas árvores, postes de energia elétrica, semáfaros e destelhando casas.

Em virtude disso, a Secretaria de Defesa Social criou nesta segunda-feira uma comissão multidisciplinar para prevenir e agir em casos de vendavais, tempestades e outros imprevistos.

Cada Administraçõe Regional terá grupos de trabalho divididos em Segurança, Abrigos e Alimentação, Vistoria, Transporte, Voluntários e Saúde, contando com a parceria direta do Corpo de Bombeiros, a Fundação de Ação Social e a Secretaria Municipal da Criança e a Polícia Civil.

Para trabalhar com prevensão, a comissão levantará problemas e situações que podem colocar a população em risco, como a poda de árvores e a ampliação de galerias.

Os maiores estragos do vendaval de sexta-feira foram nas casas das regiões mais atingidas. Só no Jardim Guaraqueçaba, 36 pessoas de 20 casas inundadas pela água da chuva foram levadas para o abrigo.

Mais de 100 homens da prefeitura trabalharam no atendimento, na orientação do trânsito e na limpeza da cidade. As equipes foram reforçadas e o trabalho não parou no fim-de-semana.

Em caso de novas ocorrências, a população pode ligar para os números 1532 ou 222-8010.
(ambientebrasil)