Plantas “pedem socorro” quando são atacadas, diz cientista

Um grupo de pesquisadores descobriu que as plantas possuem um sistema químico de alerta que avisa quando estão sendo mastigadas por algum inseto.

As substâncias lançadas no ar são identificadas pelos predadores dos insetos herbívoros, que aparecem para comer os bichos que estavam destruindo as folhas.

A descoberta ajuda não só a entender o sistema de defesa dos vegetais, mas traz também informações que podem ajudar no combate natural às pestes na agricultura.

O líder do estudo foi o cientista Ian Baldwin, diretor do Instituto Max Planck de Química Ecológica, em Jena (Alemanha).

Ele e sua equipe usaram na pesquisa uma espécie selvagem de tabaco, a Nicotiana attenuata, encontrada nos desertos do sudeste dos EUA.

Os pesquisadores descobriram que quando a planta é atacada por herbívoros como larvas de mariposa, ela libera uma série de compostos químicos no ar. As substâncias são um sinal para os insetos predadores encontrarem suas presas – como a larva de mariposa – e comê-la, ou comer seus ovos.

Segundo Baldwin, há indícios de que o mecanismo seja comum a inúmeros outros tipos de planta, não só o tabaco.

O relatório da descoberta dos alemães está na edição de hoje da revista “Science”.
(Folha de São Paulo)