OMS propõe medidas simples para a prevenção de “doenças da água”

A OMS – Organização Mundial de Saúde lançou um informe intitulado “A água a serviço da saúde”, publicado por ocasião do Dia Mundial da Água, 22 de março.

Segundo a OMS, as enfermidades tropicais vindas da água poluída ou a umidade poderiam diminuir graças a medidas simples de esterilização ou de higiene individual.

Por exemplo, a esterilização da água com cloro não precisa da instalação prévia de redes de saneamento, pode ser feita nos poços e inclusive em simples recipientes. Outra técnica barata, o tratamento da água com raios ultravioletas nos países muito ensolarados.

Só a a educação sanitária, especialmente a lavagem das mãos com sabão, bastaria para reduzir em 35% os casos de diarréia, reduzindo a mortalidade infantil.
(ambientebrasil)