Começa a retirada do óleo em Morretes

A concessionária, que administra o Km 42, trecho da BR-277, onde houve no final de semana o derramamento de 5 mil litros de óleo na região dos rios dos Padres e dos Pintos, em Morretes no Paraná, deu inicio ao trabalho de retirada do óleo.

A empresa atendeu à notificação feita pelo IAP – Instituto Ambiental do Paraná , que ainda não definiu se haverá, também, aplicação de multa à empresa.

Segundo o secretário Estadual de Meio Ambiente e presidente do IAP, José Antônio Andreguetto, o tipo de óleo jogado nos rios ainda não foi descoberto.

Ele descartou a hipótese do vazamento atingir a Baía de Antonina, apesar de os rios desaguarem no Rio Nhundiaquara.

A concessionária Ecovia destacou um grupo de pessoas especializadas para ajudar na limpeza da área, apoiando a equipe do IAP e da Defesa Civil.

Seguno o relato de testemunhas o óleo teria sido derramado por um caminhão, ainda não identificado.. O produto escorreu por um córrego, atingindo os rios, a vegetação e algumas aves na localidade.

(ambientebrasil)