Apenas 52% dos domicílios urbanos têm rede de esgoto

Um estudo com a síntese dos indicadores sociais do país nos anos 90 divulgado hoje, 05 de abril, pelo IBGE demonstrou que a quantidade de domicílios urbanos ligados à rede coletora de esgoto é baixa.

De acordo com o levantamento, nos anos entre 1992 e 1999, a porcentagem passou de 48% para 52,5%. Nas regiões metropolitanas a diferença é grande nessa taxa: os percentuais variam de 7,7% em Belém para 86,9% em Belo Horizonte.

Segundo informações do IBGE, 90% dos lares urbanos têm água por rede geral. Os serviços de coleta de lixo também apresentam uma variação muito grande, cobrindo 85% dos domicílios com coleta direta e 8,8% de forma indireta, em 1999.