Governo do Rio limita turismo em Angra dos Reis

O Governo do estado do Rio de Janeiro, em parceria com a Prefeitura de Angra dos Reis e o IEF- Instituto Estadual de Florestas, iniciou nesta quinta-feira a “Operação Semana Santa”, na Ilha Grande.

O objetivo da operação é que as praias sejam vigiadas, visando ordenar o uso da Área de Proteção Ambiental e reduzir a permanência de visitantes. Nos feriados prolongados, há cerca de cinco mil turistas na região.

O secretário Estadual de Meio Ambiente, André Corrêa,disse que é proibido acampar nas praias ou em áreas não credenciadas pela prefeitura e quem não reservou uma estadia numa das pousadas da ilha ou não conseguiu vaga no único camping legalizado, na Vila não poderá permanecer na Ilha durante o feriado.

O governo quer implantar um novo Plano Diretor no local e estuda a unificação das três Unidades de Conservação que compreendem a ilha – o Parque Marinho do Aventureiro, a Reserva Biológica da Praia do Sul e o Parque Estadual da Ilha Grande -, com a criação do Parque Estadual Marinho da Ilha Grande que englobaria, ainda, a Praia de Parnaioca e as ilhas Jorge Grego e Neros, que estão fora dos limites das unidades.
(ambientebrasil)