Tribunal Popular condena alimentos geneticamente modificados

A questão alimentos transgênicos, sempre causa polêmica. No Brasil está mobilizando várias camadas sociais, técnicos do governo, acadêmicos, Organizações Não Governamentais, empresas privadas e movimentos sociais estão se posicionando em relação aos alimentos geneticamente modificados.

No primeiro Júri Popular brasileiro, consumidores e pequenos agricultores tiveram a oportunidade de se informar e se posicionar sobre as variedades transgênicas para a agricultura e alimentação.

Para chegar ao veredicto, o Júri popular analisou seis quesitos a partir do julgamento das 12 testemunhas: o problema da fome no Brasil e no mundo; o acesso aos alimentos e a segurança alimentar, a existência de evidências científicas suficientes para garantir a segurança dos transgênicos para a saúde humana e para o meio ambiente; a emissão de pareceres quanto à liberação comercial dos OGMs com participação da sociedade civil; e informações suficientes que permitam o direito de escolha dos consumidores e agricultores.

Na leitura da sentença, que condenou por unanimidade os transgênicos, os Júris recomendaram que os trabalhadores não venham a usar os transgênicos e que seja valorizada a agricultura orgânica, além de incentivos para a agricultura familiar. As várias recomendações serão encaminhadas ao governo brasileiro pelos organizadores do evento. (ambientebrasil)