Produção na P-7 será retomada na segunda-feira

A Petrobras deve retomar nesta segunda-feira a produção na Plataforma P-7, no campo de Bicudo, na Bacia de Campos. Na última quinta-feira, um problema na tubulação resultou no vazamento de 26 mil litros de óleo no mar, o que levou a empresa a retirar 106 funcionários do local e a paralisar as atividades.

Também começa nesta segunda-feira, a fiscalização das 40 plataformas da empresa na Bacia de Campos, de onde sai 80% do petróleo extraído no Brasil. O trabalho será feito pelo Ibama – Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis e pela Feema – Federação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente.

O presidente da Petrobras, Henri Phillipe Reichstul, que estava a trabalho na Bolívia no dia do acidente, retornou ao País no fim de semana.

Óleo no mar – Segundo informações do Ibama, o óleo tende a se diluir no oceano, sem atingir a costa do Estado do Rio. A Petrobras utilizou 1.500 metros de barreiras para contenção, além de seis embarcações incumbidas de realizar a dispersão da mancha.

Multa – A empresa será multada em até R$ 50 milhões pelo vazamento de óleo cru da plataforma P-7. A decisão sobre o valor da punição, a cargo do Ibama, sai até o fim da próxima semana.
(ambientebrasil)