Sai liçença ambiental da BR-101

O presidente do Ibama, Hamilton Casara, entregou nesta quarta-feira ao ministro dos Transportes, Eliseu Padilha, a Licença Prévia da duplicação do trecho sul da BR-101, entre os municípios de Florianópolis/SC e Osório/RS.

Está fora da licença o lote 02/SC, que compreende vinte e oito quilômetros próximo à divisa dos dois Estados e inclui o Morro dos Cavalos. Nesse trecho situa-se a Terra Indígena Guarani.

Para conceder o licenciamento específico do trecho 02/SC, o Ibama solicitou ao DNER estudos complementares que apresentem uma alternativa de transposição da área com o menor impacto ambiental possível e a preservação da terra dos Guarani.

A licença ambiental do Ibama possibilitará a vinda ao Brasil dos órgãos internacionais que financiarão o empreedimento, orçado em US$ 870 milhões.

Hamilton Casara considera a obra prioritária do ponto de vista econômico e do elevado número de acidentes que ocorrem na BR 101. Segundo ele, nos últimos cinco anos, cerca de mil pessoas morreram em um total de quatorze mil acidentes na BR 101.

Mesmo assim Casara reafirmou que o licenciamento das fases seguintes estará sempre condicionado à preservação ambiental e respeito à comunidade indígena.

Durante a entrega da licença, o presidente do Ibama anunciou a criação de nove unidades em todo o país para atender às regiões com maior demanda de licenciamentos ambientais.
(Ibama)