Governo quer metade da população com acesso à Internet

O governo pretende dar acesso à Internet para metade da população brasileira até o final de 2002. A informação foi dada hoje pelo assessor para Novas Tecnologias e Comunicação da Secretaria de Comunicação de Governo, Antônio Celso de Paula Albuquerque Filho, em entrevista à Radiobrás. Segundo ele, apenas 5% dos brasileiros possuem esse acesso.

Celso de Paula informou que, para discutir soluções sobre o uso da Internet e de outras tecnologias por toda a população, será realizada, de 14 a 17 de maio, a Oficina de Inclusão Digital,promovida pela Secretaria de Comunicação de Governo.

Participarão do encontro representantes de todos os ministérios,dos governos de São Paulo, Ceará, Rio Grande do sul e Pernambuco,de Organizações Não-Governamentais(ONG) e de técnicos da Espanha,Equador,Canadá e França.

Segundo o assessor, haverá palestras e debates, nas quais serão discutidos temas como a importância do computador para a população, formas de capacitação,treinamentos para monitores e profissionais que utilizam o computador diariamente, e a construção de equipamentos de baixo custo para os brasileiros.

Serão exibidos também projetos e trabalhos feitos pelos governos estaduais,ONG e países para dar condições de uso da Internet para todos.

 Ele disse também que o governo pretende implantar centros de acesso e quiosques públicos de informação, semelhantes aos caixas eletrônicos de bancos.Poderá ser feita ainda uma consulta pública pelo “site” www.governoeletronico.gov.br, no qual poderão ser dadas sugestões de como o governo deve agir para facilitar o acesso.

O investimento para o evento,informou Celso de Paula,foi de R$ 300 mil. A oficina será coordenada pelo Comitê Executivo de Governo Eletrônico, presidido pelo ministro chefe da Casa Civil, Pedro Parente,e com a participação dos secretários-executivos e representantes de todos os ministérios.(Agência Brasil)