Reunião com FHC deve definir regras do racionamento

O Presidente Fernando Henrique Cardoso se reúne às 15h desta segunda-feira com a Câmara de Gestão da Crise de Energia, para detalhar as linhas de ação do programa emergencial de racionamento.

Criado às pressas pelo governo, o “ministério do apagão” tem a missão de encontrar soluções para os problemas de oferta de energia no país.

O presidente da câmara, Pedro Parente, garantiu que o plano ainda não foi definido e deve ser apresentado só no próximo dia 23.

Em tese, o racionamento começa no dia 1º de junho e acaba no final de novembro, mas essa duração já é apontada como improvável, já que seis meses seriam insuficientes para aliviar a crise.

Entre os impasses que precisam ser resolvidos está o horário em que os apagões vão ocorrer.
(ambientebrasil)