Técnicos da União Européia avaliarão aftosa no Sul

Uma missão de técnicos da União Européia chegam ao Rio Grande do Sul nesta segunda-feira para avaliar os procedimentos do governo gaúcho no controle da febre aftosa. A informação é do delegado federal de Agricultura no estado, Odalmiro Irineu Dutra. Segundo Dutra, o governo gaúcho espera reconquistar mercados para sua carne após a visita dos técnicos.

O surgimento recente de focos da febre aftosa na área de fronteira com o Uruguai deixou os produtores preocupados,”mas a situação já está controlada”, garantiu o delegado, acrescentando que cerca de 1.118 animais doentes que viviam na área já foram sacrificados. Odalmiro Dutra comentou que, apesar da situação, “o pecuarista da região de fronteira está muito consciente do problema, está sentindo que há necessidade de tomar medidas rápidas para proteger o seu
rebanho”.

A decisão da Inglaterra de liberar as importações de carne brasileira, com exceção do produto oriundo do Rio Grande do Sul, “está sendo dificilmente assimilada por pecuaristas que não tiveram problemas em seus rebanhos”, disse Dutra.

O Ministério da Agricultura, acrescentou, está tomando medidas para a retomada das importações do produto gaúcho.
(Agência Brasil)