Cetesb pede laudo à Dersa de contaminação do solo pelo vazamento de gás

A Cetesb – Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental pediu nesta terça-feira um laudo à Dersa para medir o grau de contaminação do solo no local em que cerca de 150 toneladas de gás de cozinha (GLP) vazaram, segundo a Agência Estado.

O acidente ocorreu na última sexta-feira, provocado por um bate-estaca nas obras do Rodoanel. O aparelho perfurou o gasoduto da Petrobrás, em Barueri.

Além do solo, será analisada também a possível contaminação do lençol freático que passa abaixo do duto da Petrobras.

O laudo servirá para a programação do uso do solo e da água, possivelmente contaminados.
(Último Segundo)