Governo do Paraná investe em medição da qualidade do ar

Segundo informações da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, até dezembro Curitiba e Araucária passarão a contar com boletins mensais sobre a qualidade do ar. O governo estadual comprou cinco estações de monitoramento de avançada tecnologia, que transmite dados em tempo real, sendo que três já foram instaladas. As outras duas unidades estão em processo de instalação.

O governo investiu cerca de R$ 300 mil em cada unidade das novas estações, que terão um custo de manutenção anual de R$ 340 mil. Elas vieram somar-se a quatro estações de operação manual, instaladas há alguns anos.

Uma equipe de consultores alemães foi contratada pela Secretaria do Meio Ambiente para definir, até o final do ano, os níveis aceitáveis de emissão de poluentes no Paraná. Com esse dados, o governo do estado pretende propor uma resolução ao Conselho Estadual do Meio Ambiente ou um projeto de lei para a Assembléia Legislativa, para que os novos parâmetros de emissão sejam respeitados pelas indústrias.