AGRICULTURA ORGÂNICA É TEMA DE SEMINÁRIO EM CAMPO GRANDE/MS

O I Seminário Estadual de Agroecologia prossegue até esta quarta-feira (13), reunindo mais de 600 técnicos, produtores e pesquisadores de Mato Grosso do Sul e outros estados. O foco central desta terça-feira é “Histórico, Conceitos e Princípios da Agroecologia”, dentro da discussão sobre experiências em produção orgânica, certificação, comercialização de produtos e orientação a agricultores e técncos sobre o sistema de produção, baseada nos recursos próprios das propriedades rurais, ou seja, sem o uso de agrotóxicos e adubos químicos.

Entre os participantes estão 13 profissionais da área de produção orgânica do Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina, que apresentam trabalhos e experiências nas diversas regiões do País.

“É necessária a produção orgânica, que em dados oficiais cresce, na União Européia, 9% ao ano; nos Estados Unidos, 21%; e no Japão, 35%. No Rio Grande do Sul, o crescimento é de 55% ao ano”, informou o engenheiro agrônomo gaúcho Sebastião Pinheiro.

O seminário é promovido pelo Idaterra – Instituto de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural e Embrapa Oeste – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária.
(Agência Brasil)