SERINGUEIROS SÃO TREINADOS EM MANEJO FLORESTAL E COLHEITA DE SEMENTES

A comunidade extrativista da Reserva Guariba Roosevelt, municípios de Colniza e Aripuanã, região da Amazônia mato-grossense, irão conhecer a partir desta segunda-feira (18.11), duas novas maneiras de exploração sustentável dos recursos da floresta: o manejo comunitário florestal e a colheita de sementes florestais.

A Resex Guariba Roosevelt abriga há cerca de cinqüenta anos uma comunidade tradicional de seringueiros que sobrevive da extração de látex, óleo de copaíba e castanha do Brasil. A Resex foi criada pelo Governo de Mato Grosso em 99 numa área de 57 mil hectares e é a única reserva extrativista do estado.

Durante os próximos 15 dias, 40 pessoas da comunidade estarão participando dos cursos de manejo florestal e colheita de sementes, oportunidade que serão informados das técnicas de exploração econômica, e com sustentabilidade ambiental, da madeira e de sementes florestais. Os treinamentos serão ministrados pela professora Fátima Pinã-Rodrigues, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, que esclarece: “estaremos repassando o conhecimento. A decisão de explorar madeira através do manejo florestal comunitário e de colheita de sementes, vai depender de decisão posterior de toda a comunidade. Caso decidam pela exploração, terão o nosso apoio”.

O apoio à que se refere a professora Fátima é oriundo das ações que se desenvolvem na região noroeste de Mato Grosso e que buscam a implantação de um modelo de desenvolvimento baseado na sustentabilidade.

Entres as ações estão o Programa de Capacitação Ambiental e o Projeto de Conservação e Uso Sustentável da Biodiversidade, desenvolvidos pela Fundação Estadual do Meio Ambiente em parceria com o Instituto Pró-Natura, de pesquisas e estudos ambientais, e Prefeituras Municipais.

O curso de manejo florestal ensina a demarcar as parcelas de exploração com uso de GPS; identificar, medir e marcar as árvores que podem ser retiradas e elaborar mapas de identificação, entre outros. O curso de colheita de sementes florestais ensina a identificar as árvores matrizes fornecedoras de sementes, colheita e armazenamento, além de informar sobre a Rede Brasileira de Sementes Florestais.

Para a colheita vários equipamentos
são utilizados, inclusive de alpinismo.
(Pró- Natura)