ZOOLÓGICO DE SÃO PAULO JÁ ESTÁ PRONTO PARA LEILÃO

Sessenta pessoas já se inscreveram para participar do leilão de animais exóticos que será realizado neste sábado (23) no Zoológico de São Paulo, na Zona Sul. Serão vendidos 143 animais de dez espécies, a maioria de antílopes.

“Grande parte dos interessados são representantes de fazendas e criadores profissionais”, disse o biólogo da divisão de ensino e divulgação do zoológico, Mário Borges.

O leilão foi a maneira legal conseguida pelo zoológico para resolver o problema de alguns animais excedentes. “Normalmente fazemos doações ou permutas com outras instituições, mas dessa não conseguimos. O leilão foi a única alternativa”, explicou Borges.

Serão leiloados espécimes de cisne-negro (Austrália), pavão-verde (Tailândia e China), porco-espinho africano, suricata (o Timão, do filme Rei Leão, originário de Angola e África do Sul) e dos antílopes oryx, grande-kudu, impala, waterbuck (todos de origem africana), cervo-dama (o Bambi, cuja origem é o sul da Europa e o norte da África) e cervo-nobre (Europa e Ásia). “Todos os animais nasceram em São Paulo e estão com a saúde excelente”, afirmou Borges.

O lote mais caro contém quatro antílopes grande-kudu e seu lance mínimo é de R$ 20 mil. O casal de cisnes- negros é o mais barato e foi avaliado em R$ 1 mil. Há lotes para todos os bolsos. Três suricatas estão avaliadas em R$ 2.100, um casal de cervo-dama tem seu valor mínimo estipulado em R$ 5.400 e cada oryx custará, pelo menos, R$ 3.500.

“Os animais estão baratos porque foram avaliados com a cotação do dólar de dois meses atrás”, explicou Borges. Se todos os 60 lotes preparados forem vendidos pelos seus preços mínimos, o zoológico arrecadará R$ 250 mil.

Borges afirmou que 30% do total conseguido com o leilão será destinado ao programa de reprodução de animais silvestres em extinção.(Diário de São Paulo)