IBRE COMEÇA A IMPLEMENTAR MECANISMO DE DESENVOLVIMENTO LIMPO

O IBRE – Instituto Brasileiro de Economia, da FGV – Fundação Getúlio Vargas, deu início nesta terça-feira à implementação do MDL – Mecanismo de Desenvolvimento Limpo e do Mercado de Redução de Emissões Certificadas no Brasil, em parceria com o MCT – Ministério de Ciência e Tecnologia, o BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social e o escritório Motta Fernandes, Rocha Advogados. O principal objetivo do trabalho é elaborar um guia para os interessados em atividades de projetos associados ao MDL.

O guia tem como base o Protocolo de Kyoto e os acordos de Marraquesh, firmados na 7ª Sessão Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima, ocorrida em novembro de 2001, no Marrocos, e será apresentado em seminário nacional, no Rio, nos dias 10 e 11 de dezembro. O seminário destina-se a colher contribuições do maior número de participantes, para posterior publicação.
(Agência Brasil)