CIENTISTAS TRANSFORMAM RESTOS DE COMIDA EM PLÁSTICO

Um alimento que você não consome pode retornar à mesa de sua cozinha como embalagem plástica. Usando comida que havia sido jogada fora, engenheiros do Instituto de Energia Natural do Havaí, em Honolulu, obtiveram o que chamam de uma forma barata de produzir um polímero biodegradável.

A substância poderia ser usada para armazenar produtos descartáveis, como garrafas, invólucros em geral e até instrumentos cirúrgicos, segundo os pesquisadores, cujo trabalho foi publicado na revista Enrvironmental Science and Technology.

Engenheiros da empresa britânica ICI começaram a produzir esse tipo de polímero há cerca de uma década, mas eles usaram açúcar puro e ácido orgânico, o que representa um processo muito mais caro. O uso de alimentos desperdiçados pode reduzir os custos em 40 por cento, segundo os pesquisadores havaianos.

Os alimentos contêm mais matéria orgânica, que pode ser facilmente digerida pelos micróbios para a formação da biossíntese do polímero, segundo o novo estudo. Para os experimentos, os pesquisadores reuniram restos de comida de um restaurante e bateram tudo com água para criar uma mistura suja e fraca. O resultado foi guardado num container aquecido e impermeável durante algumas semanas, a fim de que as cepas de bactérias que sobrevivem sem oxigênio pudessem se multiplicar.

As bactérias anaeróbicas romperam as moléculas orgânicas da comida – o processo libera um ácido que é filtrado através de um estojo de silicone, onde outras bactérias o convertem em um polímero biodegradável. (Agência Brasil com informações da CNN)