RESERVA CAZUMBÁ NO ACRE GANHA PRÊMIO CHICO MENDES

A associação dos Seringueiros do Seringal Cazumbá, constituída por moradores da Reserva Extrativista do Cazumbá – Iracema, foi indicada para receber o Prêmio Chico Mendes do Ministério do Meio Ambiente na categoria de Organização Comunitária. O trabalho desenvolvido por eles mereceu o prêmio devido ao empenho e a luta da Associação e dos moradores no processo de criação da referida Reserva Extrativista, luta esta que já se estendia por longos anos e visava principalmente garantir a posse e uso pela população tradicional extrativista da terra que os mesmos ocupam na região do rio Caeté na região de Sena Madureira no estado do Acre.

Reconhecendo o direito dessa população e valorizando o processo de luta empreendida pela Associação, o Ibama – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis abraçou a causa e, a partir de 1998, iniciou formalmente o processo para criação da reserva extrativista desejada pela comunidade, cujo trabalho e luta foi reconhecida pelo Ministério do Meio Ambiente, concedendo à associação o Prêmio Chico Mendes.
(Agência Brasil)