UFPE CRIA CENTRO DE ENERGIA RENOVÁVEL

Foi lançado no dia 16 de dezembro de 2002 o CER – Centro de Energia Renovável da UFPE – Universidade Federal de Pernambuco, iniciativa da Universidade com apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia. O Centro foi enquadrado como uma das ações estratégicas do Governo Federal para incentivar e fomentar, em âmbito nacional, programas de pesquisa em energia renovável, formando recursos humanos na área, interagindo com as empresas de energia e a indústria nacional, gerando novos conhecimentos e desenvolvendo projetos, promovendo cooperação nacional e internacional.

Em abril deste ano, o Governo Federal criou o Proinfa – Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica, através da Lei nº 10.438/2002, em que está prevista a instalação de 3.300 MW em projetos de energia renovável. A UFPE, por meio do CBEE – Centro Brasileiro de Energia Eólica, líder no País em pesquisa e desenvolvimento na área de energia eólica, tem tido papel fundamental na elaboração e implantação do Proinfa. A viabilização do novo Centro deu-se com recursos do Orçamento da União, previstos em emenda de autoria do deputado federal Clementino Coelho, no valor de R$ 450 mil, repassados pelo Ministério da Ciência e Tecnologia.

Na UFPE existem dois grupos de pesquisa com atuação relevante, em âmbito nacional e internacional: o CBEE – Centro Brasileiro de Energia Eólica (centro de referência nacional em energia eólica) e o Grupo de FAE – Fontes Alternativas de Energia, com ênfase na tecnologia de energia solar. Existe também uma forte interação com vários grupos e laboratórios de pesquisa do Brasil e do mundo, com especialistas da indústria e fabricantes de equipamentos para conversão de energia.

O CBEE atualmente oferece o único curso de mestrado do País na área de concentração energia eólica no Departamento de Engenharia Mecânica, e o FAE oferece cursos de mestrado e doutorado em energia solar com nível A (conceito CAPES), no Departamento de Energia Nuclear.

O Centro de Energia Renovável – UFPE é formado pelos pesquisadores do CBEE e do FAE, além de contar com a participação de vários professores visitantes, pesquisadores e especialistas brasileiros e estrangeiros e, também, com os Núcleos Vinculados de todo os País e demais Centros Nacionais de Referência em Energias Renováveis do Fórum Brasileiro de Energias Renováveis.

A construção do prédio do CER prevê a modernização dos laboratórios existentes mediante a instalação de novos equipamentos para pesquisa e desenvolvimento e inovação tecnológica – aquisição de dados (análise experimental), testes de componentes, monitoramento e controle de sistemas e equipamentos para demonstração comercial e treinamento.

Segundo o professor Everaldo Feitosa, do CBEE, a implantação do Centro de Energia Renovável da UFPE contribuirá de maneira efetiva para o desenvolvimento do setor energético brasileiro, pela capacitação e treinamento de pessoal em projeto, instalação e implementação de novas centrais energéticas, serviços, consultoria, geração e transferência de tecnologia, além de fomentar a instalação de empresas de tecnologia de ponta, especialmente na Região Nordeste.
(Com informações da UFPE)