CARTA DAS MONTANHAS SERÁ ENTREGUE PARA MINISTRA DO MEIO AMBIENTE

A “Carta para o Ecodesenvolvimento das Montanhas” será entregue
em mãos para a Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, durante o Fórum
Social Mundial que acontece de 23 a 28 de janeiro, em Porto Alegre.

A carta foi produzida pelos participantes do Seminário de Mobilização Nacional para o Ecodesenvolvimento de Montanhas, realizado em agosto de 2002, no Parque
Nacional do Itatiaia. O documento será entregue junto com os anais do
seminário.

Este documento foi um importante resultado do evento, que contou
com a participação de mais de 100 pessoas representando instituições de
vários estados brasileiros. A carta solicita que seja iniciado o processo de
criação do Comitê Nacional para os Ecossistemas de Montanhas, a fim de
articular, apoiar e potencializar ações, estabelecer políticas nacionais
específicas e interagir com os órgãos do Sistema das Nações Unidas coordenadores do Ano Internacional das Montanhas.

Fórum Social Mundial 2003

Esta é a terceira edição do evento, que foi criado em 2001 como um contra-ponto ao Fórum Econômico Mundial. Desde o
primeiro Fórum, em 2001, a Crescente Fértil tem trabalhado ativamente. Nas
duas primeiras versões, a ong realizou em parceria com a Prefeitura de Porto
Alegre e outros, o plantio do Bosque das Nações, com mais de cem árvores
plantadas por pessoas de diferentes países.

Em 2003, além de plantar árvores, o coordenador de projetos ambientais da ong Crescente Fértil, Luis Felipe César, vai organizar duas oficinas sobre
ecossistemas de montanhas, em âmbito mundial e nacional. No evento nacional,
denominado “Porque somos todos gente de montanha?”, acontece o desdobramento
do seminário realizado em Itatiaia. Segundo Luis Felipe “apesar do grande
valor ambiental, econômico e espiritual das serras do nosso país, ainda não
existe uma política nacional para essas áreas. O Fórum Social Mundial
constitui uma oportunidade para fortalecer o movimento e lembrar a todos, sociedade e governo, que é preciso olhar muito bem para as montanhas”.

Segundo informa o site do Fórum Social Mundial, “o FSM se propõe a debater
alternativas para construir uma globalização solidária, que respeite os
direitos humanos universais, bem como os de todos os cidadãos e cidadãs em
todas as nações e o meio ambiente, apoiada em sistemas e instituições
internacionais democráticos a serviço da justiça social, da igualdade e da
soberania dos povos”.(Crescente Fértil)