TARTARUGA MARINHA É DEVOLVIDA AO SEU HABITAT APÓS LONGA RECUPERAÇÃO

A Fundação Rio Zôo e o Projeto Tamar devolveram nesta quinta-feira (13) ao mar a Chelonia Mydas, uma espécie de tartaruga marinha ameaçada de extinção em função da caça predatória, da retirada de ovos e da poluição dos mares. A devolução aconteceu pela manhã, em frente à entrada do Parque Natural Municipal da Prainha, zona oeste da cidade.

Apelidada de “Luma”, a tartaruga-verde caiu acidentalmente de uma rede de pescadores na Praia do Flamengo, dia 23 de outubro de 2000. O animal ficou sob os cuidados dos biólogos e veterinários da Fundação, sendo medicado e acompanhado até sua total recuperação, sendo mantido nas dependências do zoológico até hoje.
(Agência Brasil)