UNICEF QUER APOIAR AÇÕES DE DESENVOLVIMENTO NAS RESERVAS INDÍGENAS DE DOURADOS/MS

O Unicef – Fundo das Nações Unidas para a Infância quer apoiar o desenvolvimento de ações dentro das reservas indígenas de Dourados (MS), e de outros municípios do estado. Antes, quer saber como a população indígena vive e quais são os principais problemas.

Para fazer um diagnóstico da situação, o professor e coordenador do programa Kaiowá/Guarani da UCDB – Universidade Católica Dom Bosco, Antônio Brand, se reuniu com professores, enfermeiros e lideranças indígenas. O professor disse que o objetivo da reunião é conclamar todos os segmentos e agentes de saúde que atuam nas aldeias a participarem de um estudo, que vai apontar os principais problemas das comunidades indígenas de Dourados, a 220 quilômetros de Campo Grande (MS).

Até o final deste mês será realizada nova reunião, quando será apresentado um relatório geral sobre as condições de vida nas aldeias do município. O Unicef quer participar apoiando diversas ações, mas para isso quer maior clareza no desenvolvimento dos projetos. O professor afirmou que é preciso definir como serão conduzidas as discussões dentro das aldeias, por isso são importantes as reuniões.
(Agência Brasil)