LULA DIZ QUE APÓIA PARANÁ LIVRE DE TRANSGÊNICOS

O governador Roberto Requião (PMDB) participou nesta quinta-feira (15), em Brasília (DF), de um almoço com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com o ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, e saiu com uma promessa verbal de Lula para tornar o Paraná área livre de lavouras transgênicas – uma reivindicação negada três vezes pelo Ministério da Agricultura. Ao sair da reunião, Requião disse aos jornalistas que estava “muito satisfeito” com o resultado do encontro.

A intenção do governo federal de apoiar a formação de uma área livre de produtos geneticamente modificados no Paraná foi confirmada, após a reunião, pelo ministro Dirceu. Ele disse que tanto o Paraná, que pretende banir os transgênicos de seu território, quanto o Rio Grande do Sul, que optou por aceitar as sementes modificadas, devem ter a posição respeitada.

“O ideal é que o Paraná seja declarado área livre de transgênicos, pois assim decidiu a Assembléia Legislativa e esta é uma posição soberana do estado. Da mesma forma, o Rio Grande do Sul deve poder plantar os transgênicos, seguindo a legislação”, afirmou o ministro.

O governo do estado já teve o pedido de declaração de área livre de transgênicos negada três vezes pelo Ministério da Agricultura. Em todas as ocasiões, as informações enviadas pelo Paraná foram consideradas insuficientes. O Ministério também afirma que a presença de sementes modificadas chega a pelo menos 10% nas lavouras no Paraná, enquanto a Secretaria Estadual de Agricultura diz que apenas 5% dos campos paranaenses têm transgênicos.

Nesta quinta-feira, o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério, Maçao Tadano, disse que não havia recebido nenhuma orientação da Presidência da República para declarar o Paraná área livre de transgênicos. (Gazeta do Povo/PR)

Esta entrada foi escrita emClipping
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5