Seab insiste em lista de produtores do Paraná

A Seab – Secretaria de Estado da Agricultura do Paraná deve pedir ao Ministério da Agricultura a lista com a identificação dos agricultores que semearam soja transgênica na safra 2004/2005. Medida semelhante foi tomada em 2004, mas nem os nomes dos produtores, nem a localização das fazendas onde houve o plantio foram divulgados pelo ministério. A Procuradoria Geral do Estado chegou a entrar na Justiça exigindo o repasse dos dados, ação que também não obteve sucesso.

De acordo com a assessoria de imprensa da Seab, o órgão aguarda apenas que a Delegacia do Ministério da Agricultura no Paraná termine de catalogar os Trac – Termos de Responsabilidade e Ajustamento de Conduta assinados pelos agricultores que optaram pela variedade transgênica. O documento é uma exigência da lei que libera o plantio do grão nesta safra e deveria ter sido entregue até segunda-feira (31/1).

A somatória parcial divulgada pela delegacia na semana passada indica que aumentou o número de produtores de soja transgênica no estado. Até então, 1.231 agricultores haviam assinado o Trac. O número é mais do que o dobro do registrado em 2004 e suficiente para que o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, descartasse na segunda-feira, durante uma visita ao Show Rural de Cascavel, a criação de uma área livre de transgênicos no estado. (Gazeta do Povo)