Projeto Peixe-Boi acompanha pela primeira vez parto de animal nativo

Um registro inédito na história do Projeto Peixe-Boi aconteceu nesta terça-feira (1). O nascimento de um peixe-boi em ambiente natural foi fotografado e observado pelos técnicos do Projeto e população da cidade de Cajueiro da Praia, no litoral do Piauí. A temporada de reprodução da espécie começou em outubro e se estende até março. Em dezembro de 2003, o Projeto acompanhou também o parto de Lua, uma fêmea reintroduzida que é monitorada.

O parto da fêmea nativa, que aconteceu a uma distância de cinco metros da linha de praia, foi informado ao Projeto por um dos colaboradores que observou o fato. Segundo o médico veterinário do Projeto, Magnus Severo, o filhote nasceu com aproximadamente 1,30 m e a mãe é uma fêmea juvenil. “Provavelmente, essa é a sua primeira cria”, indica.

“Após o nascimento, a mãe ficou auxiliando o bebê a respirar por cerca de três horas. Com o filho sobre as suas costas, a mãe subia a superfície da água e descia para ensiná-lo a respirar”, conta Severo. O peixe-boi é uma espécie de mamífero aquático, portanto, ele respira pelos pulmões como a baleia e o golfinho, daí, precisa subir à superfície para pegar oxigênio.

Mobilização – Como o filhote e a mãe devem permanecer na área por algum tempo, até o pequeno ter maturidade para ir mais longe, o Projeto Peixe-Boi mobilizou cerca de 30 pessoas, destas 20 são crianças, para fazerem uma campanha de sensibilização e informação. A mensagem que será passada é que os animais não devem ser perturbados, tocados, nem alimentados. “Vamos passar de casa em casa para dizer a boa nova aos moradores e turistas da cidade de Cajueiro da Praia durante todo o Carnaval”, garante o veterinário.

História – O município, como todo os 66 quilômetros do litoral do Piauí, está incluído na Área de Proteção Ambiental do Delta do Parnaíba, criado através do decreto federal de 28 de agosto de 1996. Por conta da importância econômica e
social do peixe-boi para a cidade, Cajueiro da Praia foi o primeiro município brasileiro a conceder o título de patrimônio natural ao peixe-boi marinho.

O Piauí possui em suas águas uma importante população de peixe-boi marinho. Esse grupo foi o principal argumento da fauna para a criação da APA do Delta do Parnaíba. A necessidade de estudos desta espécie ameaçada de extinção levou à criação, no ano de 1994, da base do Projeto Peixe-Boi no município de Cajueiro da Praia. (Ascom Projeto Peixe-Boi)