Conferência da ONU pode acontecer em Curitiba/PR ou Florianópolis/SC

Curitiba (PR) saiu na frente na disputa para abrigar um evento internacional da ONU – Organização das Nações Unidas sobre meio ambiente e biossegurança, no ano que vem. Um parecer assinado pelo secretário de Biodiversidade e Florestas do Ministério do Meio Ambiente, João Paulo Ribeiro Capobianco, afirma que a capital paranaense é, ao lado de Florianópolis (SC), a que melhor atende às necessidades dos organizadores, informou nesta sexta-feira (4) o Curitiba Convention & Visitors Bureau (CCVB).

Cinco cidades estavam cotadas para receber a 8.ª Conferência das Partes da Convenção sobre Diversidade Biológica (COP 8) e o 3.º Encontro das Partes da Convenção do Protocolo de Cartagena sobre Biossegurança (MOP 3). Mas Foz do Iguaçu, Salvador (BA) e Porto Alegre (RS) não ficaram entre as finalistas. O evento acontecerá em março ou maio de 2006 e reunirá cerca de 5 mil pessoas, de 196 países, durante 30 dias, transformando o local escolhido em território das Nações Unidas.

No parecer, Capobianco afirma que o processo de seleção abordou vários critérios como infra-estrutura geral, condições e capacidade do aeroporto, fluxo de vôos, rede hoteleira e qualidade dos centros de convenções. A análise foi feita durante visita técnica em novembro passado. A comissão também colocou na balança questões relacionadas à segurança, logística e custos, bem como o nível de comprometimento e envolvimento das autoridades locais e interesse da iniciativa privada. Agora, a decisão final está nas mãos da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, juntamente com as demais autoridades envolvidas. (Gazeta do Povo/PR)