Produtos químicos estão contaminando o Ártico

O Ártico está sendo contaminado por produtos químicos, alertou o Fundo Mundial para a Natureza (WWF, sigla em inglês) em um relatório publicado nesta quinta-feira (17) em Londres (Inglaterra). A contaminação dos animais representa uma ameaça aos povos indígenas, que contam com determinadas espécies para se alimentar, acrescentou.

Segundo o WWF, a contaminação química já está afetando o sistema imunológico, hormonal e reprodutivo dos ursos polares, peixes, focas e baleias. Os principais agentes de contaminação são os pesticidas proibidos, como o DDT, as substâncias contra incêndios utilizadas nos móveis e o material informático. Estes agentes chegam ao Pólo Norte através das correntes marinhas ou do ar e ficam presos nos blocos de gelo antes de poluir os oceanos, às vezes vários anos depois.

Os efeitos desta poluição já podem ser sentidos em outras zonas. Os pássaros, peixes, focas e sedimentos oceânicos que se encontram perto do Reino Unido apresentam resíduos procedentes de parafinas cloradas ou de produtos utilizados para as pinturas ou o couro.

“É necessária a aprovação de uma regulamentação severa que impeça a chegada destes produtos químicos ao Ártico”, frisou Elizabeth Salter-Green, representante da entidade. (Terra.com)