CTNBio libera importação de milho transgênico da Argentina

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), vinculada ao Ministério da Ciência e Tecnologia, liberou a importação de milho geneticamente modificado da Argentina, após reunião extraordinária nesta teraça-feira.

Segundo informação da Assessoria de Imprensa do Ministério, a medida atende a solicitação da Associação Avícola de Pernambuco e diz respeito a 370 mil toneladas de milho resistente a insetos e a herbicidas.

A importação desses grãos, acrescenta a assessoria, deve respeitar as regras estabelecidas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e passará a valer a partir da publicação no Diário Oficial da União, prevista ainda para esta semana.

Nessa 14º reunião extraordinária do órgão foram discutidos ainda processos referentes a pesquisas em organismos geneticamente modificados e aprovada a ata da reunião ordinária realizada nos dias 16 e 17.(Agência Brasil)