Queimadas são principal causa de poluição nas cidades

Fumaça e fuligem de queimadas são a principal fonte de poluição atmosférica nas cidades brasileiras, segundo levantamento inédito divulgado nesta sexta-feira (13) pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O desmatamento e a queima de vegetação ocorrem em todo o País, informa o estudo, que recolheu dados de 5.560 municípios em 2002.

Curiosamente, foi na Amazônia Ocidental (parte do Amazonas, sul de Roraima e parte do Acre) que o IBGE encontrou grupos de municípios – formando grandes extensões de terra – que não relataram queimadas ou desmatamentos. No restante do País, todo município teve pelo menos um registro.

A maior freqüência de queimadas e desmatamento se confirma nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, segundo o estudo, que detectou na Amazônia e na Bahia indícios de novas frentes de desmatamento.

A poluição atmosférica freqüente, de um modo geral, atinge 1.224 municípios (22% do total) onde vive quase metade da população brasileira (85 milhões). O Sudeste tem 54% destes municípios. As causas mais apontadas foram: queimadas (64%), vias não-pavimentadas (41%), atividade industrial (38%), atividade agropecuária – poeira, pulverização de agrotóxicos etc – (31%) e veículos (26%).

Rios e solos – A Pesquisa de Informações Básicas Municipais, feita em parceria com o Ministério do Meio Ambiente, é o primeiro levantamento de dados ambientais no âmbito dos municípios. Técnicos das prefeituras responderam a questionários que tratam também de poluição de rios, contaminação de solos, destinação do lixo e outros aspectos.

O esgoto a céu aberto, segundo o relatório, é o problema ambiental que mais afeta a qualidade de vida dos moradores, na opinião dos técnicos municipais. A poluição dos rios e enseadas foi detectada em 38% dos municípios brasileiros e em 77% das do Rio de Janeiro, o Estado mais atingido.

A contaminação dos solos afetava 33% dos municípios em 2002. Havia 600 com local específico para receber embalagens de agrotóxicos, mas 978 descartavam esses recipientes a céu aberto.

Inundações, deslizamentos de encostas, secas e erosão são os desastres ambientais mais comuns: 41% das cidades foram atingidas por pelo menos um deles, e 47% sofreram prejuízos na agricultura, pecuária ou pesca, devidos a problemas ambientais, segundo o IBGE. (Estadão Online)

Email this page
Esta entrada foi escrita emClipping e tags
  • forum
  • imprimir
  • word
  • pdf
  • rss
  • twitter
  • facebook
  • digg
  • myspace
  • stumbleupon
  • aim
  • blinklist
  • blogger
  • blogmarks
  • buzz
  • connotea
  • delicious
  • diigo
  • fark
  • friendfeed
  • furl
  • google
  • linkedin
  • live
  • livejournal
  • magnolia
  • mixx
  • netvibes
  • netvouz
  • newsvine
  • propeller
  • reddit
  • slashdot
  • technorati
  • yahoo
  • forum
  • imprimir
  • word
  • pdf
  • rss
  • orkut
Ambientebrasil - Notícias located at 511/67 Huynh Van Banh , Ho Chi Minh, VN . Reviewed by 43 customers rated: 4 / 5