Chuva é insuficiente para suspender sistema de rodízio de água em Curitiba (PR)

Mesmo fraca, a chuva que caiu em Curitiba e região metropolitana nos últimos dias foi suficiente para suspender o racionamento de água durante o fim de semana. O aumento nos níveis da chamada Bacia Incremental permitiu a suspensão temporária do rodízio. Ainda assim, a população deve continuar economizando, pois os níveis nas barragens ainda são baixos.

O gerente da Sanepar, Antônio Carlos Gerardi, explica que a Bacia Incremental é formada em grande parte pela água que vem dos rios Iraizinho, Itaqui e Pequeno. “Com o volume da chuva, a água recebida desses rios aumentou, permitindo uma maior captação para as estações de tratamento”, diz.

Além da captação da Bacia Incremental, o abastecimento de água na capital depende das barragens do Iraí e Piraquara I, que continuam fechadas. Na Barragem do Iraí, as chuvas de quarta, quinta e sexta-feira propiciaram um aumento de 4 centímetros no nível da água, o que representa meio dia de abastecimento para a capital e região metropolitana.

Na Barragem de Piraquara, a Sanepar registrou uma elevação de 28 milímetros, porém, a situação ainda é preocupante. “Na segunda-feira faremos nova avaliação, mas tudo indica que o racionamento volte a acontecer durante a semana”, adianta Gerardi. A razão é a previsão de pouca ou nenhuma chuva para os próximos dias.
(Fonte: Mauren Lucrecia/Gazeta do Povo)