Cientistas descobrem 50 espécies marinhas na Indonésia

Uma expedição da organização Conservation International à região indonésia de Papua Ocidental descobriu mais de 50 novas espécies marinhas, inclusive um tubarão que “anda” com as nadadeiras.

Entre as espécies previamente desconhecidas, há também camarões e peixes, além de corais.

A área, próxima às montanhas Foja – onde foi recentemente descoberto um “mundo perdido” de plantas e animais raros – é considerada um dos ambientes marinhos mais ricos da Terra.

Mas as águas que abrigam baleias, tartarugas marinhas, crocodilos e mais de 600 espécies de corais estão ameaçadas por uma proposta do governo que autoriza o aumento da pesca comercial na região.

Riqueza – Em menos de seis semanas, os pesquisadores descobriram oito novas espécies de camarões “mantis”, 24 tipos de peixes e mais de 20 espécies de corais.

Acredita-se que muitos deles são endêmicos da região, ou seja, não podem ser encontrados em nenhum outro lugar do mundo.

Entre as novas espécies descobertas, havia duas de tubarão “epaulette”, que usam suas nadadeiras peitorais para “andar” pelo fundo do mar.

Seis dos locais pesquisados têm a maior variedade de corais jamais vista, com mais de 250 espécies por hectare.

“Isso representa mais de quatro vezes o número total de espécies de corais de todo o mar caribenho numa área do tamanho de dois campos de futebol”, explica Mark Erdmann, que liderou a pesquisa.

“Essas barreiras são verdadeiras ‘fábricas de espécies’ que requerem atenção especial para que sejam protegidas da atividade pesqueira não-sustentável e de outras ameaças”, alertou. (BBC Brasil/ Folha Online)