IAP realiza pesquisa sobre coleta seletiva de lixo no Paraná

A Coordenadoria de Resíduos Sólidos do IAP – Instituto Ambiental do Paraná divulgou nesta segunda-feira (18) os primeiros resultados da pesquisa sobre coleta seletiva de lixo no Estado. Segundo a pesquisa, desde março deste ano, quando começou o estudo, 63 municípios foram visitados.

Nestes locais 7.911 catadores retiram do lixo cerca de 951,8 toneladas por mês de resíduos recicláveis. Nestes municípios são 27 organizações que agregam 1.117 associados. “Ou seja, mais de 8 mil coletores realizam a atividade de forma independente”, explicou a coordenadora Adriana Ferreira.

Segundo ela, o objetivo principal do estudo é subsidiar a formação de organizações para estimular a inserção social dos trabalhadores. “Com o levantamento também poderemos orientar os municípios a implantar programas de coleta seletiva dando prioridade às organizações de agentes ambientais”, disse Adriana Ferreira. “Até o final deste ano já teremos um diagnóstico preliminar de cada região do Estado”, afirmou.

De acordo com o levantamento do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística de 2003, são aproximadamente 500 mil pessoas que sobrevivem de coleta de matérias recicláveis no Brasil. (Paraná Online)