Furacão Gordon ameaça ilhas dos Açores

O furacão Gordon aumentou para a categoria 2 na escala Saffir-Simpson, que vai até 5, e ameaça as ilhas portuguesas dos Açores, enquanto Helene se mantém como um poderoso ciclone mas longe da terra firme, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos EUA.

O Serviço de Meteorologia dos Açores emitiu um aviso para as ilhas. A previsão é de condições de furacão nas próximas 24 horas, segundo o NHC. Os ventos máximos sustentados do Gordon aumentaram para 160 km/h, com rajadas mais fortes.

Segundo o NHC, o sistema tropical começará a se debilitar lentamente nesta terça-feira (19), enquanto continua rumo aos Açores. Gordon se desloca para o leste a cerca de 44 km/h. Mantendo a trajetória, estará perto dos Açores nesta terça-feira à tarde, alertou o NHC.

Enquanto isso, o furacão Helene, com ventos máximos de 185 km/h, se encontrava 1.395 quilômetros a leste-nordeste das ilhas de Sotavento norte e 1.590 quilômetros a leste-sudeste de Bermuda.

A temporada de furacões no Atlântico Norte deste ano, que começou em 1º de junho e terminará em 30 de novembro, é menos intensa que a de 2005, quando se formaram 25 tempestades tropicais e 15 furacões. Até o momento se formaram oito tempestades e quatro furacões, sendo dois de alta intensidade. (Efe/ Estadão Online)