MMA participa de encontros com movimentos jovens sobre Agenda 21

O Programa Agenda 21 do Ministério do Meio Ambiente participa, neste mês de setembro, da organização e realização de encontros em Guanhães (MG), Natal (RN) e no litoral norte de São Paulo, para discutir a participação da juventude na proteção do meio ambiente e no fomento do desenvolvimento econômico e social, dentro de uma perspectiva de sustentabilidade.

De 27 a 29 de setembro, no litoral norte de São Paulo, acontece a oficina de apoio à execução do Projeto Agenda 21 nas Escolas (COM-Vidas). De 22 a 24 de setembro, será realizado, em Natal, o Encontro de Juventude Potiguar pelo Meio Ambiente e, nesta quinta-feira (21), foi realizada a I Conferência Infanto-Juvenil de Meio Ambiente de Guanhães (MG).

Com o objetivo de fortalecer a parceria com o Ministério da Educação, o Programa Agenda 21 e a Diretoria de Educação Ambiental do MMA também têm apoiado, regularmente, a Agenda 21 na Escola, as COM-Vidas – Comissões de Meio Ambiente e Qualidade de Vida na Escola, as Conferências Infanto-Juvenis pelo Meio Ambiente, o Programa Juventude e Meio Ambiente, além do trabalho desenvolvido pelos Coletivos Jovens (CJ) que são ações induzidas pela Coordenação Geral de Educação Ambiental do Ministério da Educação.

Os Coletivos Jovens são grupos informais que reúnem representantes de organizações e movimentos de juventude que têm como objetivo discutir a questão ambiental e realizar atividades relacionadas à conservação, recuperação e melhoria do meio ambiente e da qualidade de vida.

A criação dos CJ, em cada estado, ocorreu no I Encontro da Juventude pelo Meio Ambiente, preparatória para a I Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente, em 2003. Na ocasião também foram lançadas as bases de criação da Rede da Juventude pelo Meio Ambiente, visando facilitar a comunicação e articulação entre os CJ de todo o País e promover a mobilização de mais jovens interessados na temática meio ambiente. (MMA)