Clinton anuncia fundo de US$ 1 bilhão para energia renovável

Um dia depois de o magnata britânico Richard Branson prometer US$ 3 bilhões para combater o aquecimento global, o ex-presidente dos EUA, Bill Clinton, anunciou o lançamento de um fundo de investimentos de US$ 1 bilhão para energia renovável.

Clinton afirmou que o Fundo Verde terá como foco reduzir a dependência mundial nos combustíveis fósseis, criar empregos, reduzir a poluição e ajudar a reduzir o aquecimento global, ao mesmo tempo em que gera juros para o capital investido.

“A Terra está esquentando a uma taxa alarmante, estamos ficando sem combustíveis fósseis e já passou da hora de tomar uma atitude para corrigir esses problemas”, diz Clinton, em nota. “Esta também é uma tremenda oportunidade, e há inúmeros empregos, novos e bons, a se criar no campo da energia verde”.

O anúncio foi feito ao final de um evento de três dias, a Iniciativa Global Clinton, uma reunião anual de lideranças empresariais, políticas e do terceiro setor.

Além do anúncio desta sexta-feira (22) e da promessa feita por Branson na quinta-feira (21), cerca de 150 outros compromissos, totalizando cerca de US$ 3 bilhões, também foram feitos para favorecer causas que vão da saúde dos camponeses da China à qualidade do meio ambiente em um bairro pobre de Nova York.

O fundo lançado nesta sexta-feira foi anunciado por Clinton; por James Wolfensohn, ex-presidente do Banco Mundial; e vários empresários. Wolfensohn será o administrador. (AP/ Estadão Online)