Embrapa cria inseticida natural para combater a dengue

Para prevenir a dengue, a Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, desenvolveu um inseticida natural que não causa prejuízos à saúde do homem e dos animais.

A responsável pela pesquisa na Embrapa, Rose Monera, explica que os primeiros testes com o inseticida Bt-horus apresentaram excelentes resultados. “O produto mata a larva do mosquito rapidamente. Depois de aplicado 24 h depois estão todas mortas”, afirma Rose.

O Ministério da Saúde vai acompanhar a aplicação do inseticida nas cidades satélites do Distrito Federal. Segundo a pesquisadora, o inseticida é mais uma importante ferramenta no combate do mosquito e vai auxiliar o trabalho dos agentes de prevenção à dengue. “Mas ainda é muito importante que a população se mobilize e tome conta dos possíveis criadouros que tem dentro de suas casas.”

Apesar de todas as campanhas de prevenção, o número de contaminações por dengue no Brasil cresceu em 26% de janeiro a setembro de 2006, em relação ao mesmo período em 2005. Os dados são do Ministério da Saúde e também revelam que o número de mortes por dengue hemorrágica subiu de 45 para 61.

A dengue é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, que se desenvolve pelo acumulo de água limpa e parada. Ao contrário dos mosquitos comuns, de hábitos noturnos, o transmissor da dengue ataca durante o dia.

A doença aparece de duas formas, comum, de fácil tratamento e hemorrágica. Nos dois casos, os principais sintomas são: febre alta, dores de cabeça e no corpo, vômito e manchas avermelhadas. Na dengue hemorrágica, quando a febre acaba, surgem sangramentos, quedas de pressão e os lábios ficam roxos e se não for tratada a tempo pode levar a morte.

Para prevenir a dengue, além de facilitar o acesso dos agentes de combate a dengue às residências, é preciso manter sempre bem tampadas as caixas d’água, não juntar objetos que facilitem a propagação do mosquito, como pneus, garrafas e baldes e manter sempre os vasos de planta secos.

Além de combater o mosquisto da dengue, o inseticida também é eficaz no ação contra o mosquito borrachudo, que além de ter uma picada dolorida, pode causar alergias. (Michel Medeiros/ A Voz do Brasil)