Presidente francês planeja taxa de carbono para Europa

O Presidente francês Jacques Chirac revelou na quinta-feira (4) que fará uma proposta de taxar produtos importados vindos de países que se recusarem a participar do sucessor do Protocolo de Kyoto na conferência internacional que será realizada no próximo mês.

O Primeiro Ministro Francês Dominique de Villepin propôs em novembro uma taxa de carbono sobre produtos importados de tais países, mas não deu mais detalhes.

Kyoto, acordo que limita as emissões de gases do efeito estufa de 35 países industrializados, é visto como um pequeno primeiro passo no combate às mudanças climáticas. O Protocolo se encerra em 2012, mas as negociações para a introdução de um novo regime após este período já estão acontecendo.

“Na Europa temos que buscar empregar um imposto de carbono sobre os produtos de países que se recusam a se comprometer com o regime que irá suceder o Protocolo de Kyoto após 2012,” disse Chirac.

“Este é o motivo pelo qual convoquei uma conferência internacional em Paris no início de fevereiro, para aumentar a consciência e as bases essenciais de uma organização ambiental mundial.”

O chefe do setor comercial da União Européia, Peter Mandelson, disse mês passado que se opõe a tais taxas, alegando que elas seriam de difícil implementação e problemáticas segundo as regras internacionais de comércio. (Reuters/ CarbonoBrasil)