Inverno muito quente poderá ter conseqüências desastrosas

As temperaturas do inverno do hemisfério Norte deste ano estão batendo recordes. Segundo estudo da CE – Comissão Européia, este inverno primaveril poderá ter conseqüências desastrosas para a fauna e a flora do continente.

Em sua edição desta quinta-feira (11), o jornal “Kölner Stadt-Anzeiger” anuncia a temperatura recorde de 16,4ºC no Estado da Renânia do Norte-Vestfália, medidos na cidade de Bonn na terça-feira (09). Com temperaturas “dez graus acima do normal”, este entreato primaveril ainda não tem previsão para acabar, afirma o diário.

As temperaturas estão altas também nos países vizinhos. Na terça-feira, os termômetros indicaram, na cidade francesa de Nimes, no sul da França, 21,1ºC na sombra. A temperatura mais alta dos últimos 50 anos, segundo o jornal.(Folha Online)