Conferência internacional pede redução no consumo de água

A Conferência Internacional sobre a Água, organizada pela Argélia e o Conselho Mundial de Água, foi encerrada em Argel com um apelo para a redução do consumo de água, medida considerada tão importante quanto diminuir o consumo de energia.

Cerca de cem cientistas e especialistas provenientes de Europa, Canadá e África recomendaram que se criem políticas para a racionalização e gestão dos recursos hídricos, já que a oferta de água não acompanha o crescimento da demanda.

A reunião também buscou alertar a opinião pública internacional, em particular a científica, sobre o impacto da desertificação na mudança climática, pois esta é “uma das causas diretas do aquecimento da atmosfera do planeta e, por isso, constitui um problema que, em diferentes graus, afeta o conjunto dos países”.

O professor Toni Farruci da Universidade da Calábria (Espanha), advertiu que a desertificação aumenta na Itália, na Espanha e na França e que esse fenômeno “pode alimentar conflitos sociais”. (Efe/ Estadão Online)