Regularização das terras de comunidades quilombolas é projeto prioritário, diz Matilde Ribeiro

Fortalecer ações para regularizar terras de comunidades remanescentes de quilombos está entre os projetos prioritários da Seppir – Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial para os próximos quatro anos.

E foi um dos temas da reunião do Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial, que discutiu nesta quinta-feira (8) as principais políticas de governo para o período de 2007 a 2010.

De acordo com a ministra Matilde Ribeiro, a intensificação de políticas públicas para as comunidades quilombolas é fundamental. “Temos que aumentar as ações. Há cerca de 400 projetos de regularização em curso. Na gestão passada, alguns tiveram finalização, mas a maior parte deles vai entrar nessa próxima gestão”, disse.

Outros projetos defendidos pela ministra estão na área de educação e segurança pública – setores que considera estratégicos para a inclusão social.

Matilde Ribeiro destacou a presença, na reunião, do ministro da Educação, Fernando Haddad, “para que exista diálogo entre a agenda educacional do governo e as estruturas que colaboram com o desenvolvimento de projetos para inclusão social”.

Segundo a ministra, “é tanto uma forma de sensibilização como de envolvimento mútuo, entre dois ministros ou mais, em uma agenda de trabalho estratégico”. (Monique Maia/ Agência Brasil)