Usina antecipa operação e vai gerar 815 MW a partir de 2010

A hidrelétrica de Estreito, entre Mato Grosso e Tocantins, deverá entrar em operação em agosto de 2010, antecipando em dois anos o seu cronograma.

A antecipação da usina foi aprovada nesta terça-feira (13) pela diretoria da Aneel, e o empreendimento poderá ser incluído no próximo leilão, previsto para maio, quando serão fechados contratos de fornecimento de energia a partir de 2010.

O cronograma aprovado pela agência prevê o funcionamento de seis das oito máquinas da usina (uma a cada a dois meses) entre agosto de 2010 e junho de 2011, com potência de 815 MW. As outras duas máquinas estão previstas para setembro e novembro de 2018, quando a usina atingirá uma capacidade de 1.087 MW.

Originalmente, a usina deveria iniciar sua operação entre 2008 e 2010, com nove unidades, mas a demora no licenciamento ambiental fez com que o cronograma fosse atualizado para 2012 (com a entrada de uma máquina a cada três meses), e agora antecipado, a pedido do consórcio formado pelas empresas Tractebel/Suez, a Alcoa, a Vale do Rio Doce e a Camargo Corrêa. (Patrícia Zimmermann/ Folha Online)