Ar mais limpo pode significar cinco meses de vida a mais

Quanto mais limpo o ar que você respira, mais tempo irá viver. Mas… quanto tempo mais?

Pesquisadores da Universidade Brigham examinaram mudanças na expectativa de vida em 51 áreas metropolitanas, comparando esses números com melhorias na qualidade do ar em cada região, do início dos anos 80 até fim dos 90.

Após controlar o tabagismo, fatores socioeconômicos e outras variáveis, os cientistas descobriram que cada diminuição de 10 microgramas de partículas poluidoras por metro cúbico de ar estava associada a um aumento de mais de sete meses na expectativa de vida média.

No geral, a expectativa de vida aumentou em uma média de dois anos e oito meses nas áreas estudadas. Obtendo dados deste e de outros estudos, os pesquisadores estimaram que cinco meses do aumento na expectativa de vida podiam ser atribuídos estritamente a melhorias na qualidade do ar.

“Este é um experimento grande e nacional”, disse C. Arden Pope III, professor de economia da Universidade Brigham e autor responsável pelo estudo, publicado no “The New England Journal of Medicine”.

“Fizemos uma intervenção – melhoramos a qualidade do ar – e a questão é, ‘Obtivemos um retorno?'” continuou ele. “A conclusão diz que sim, parece que conseguimos. Nossos esforços para melhorar a qualidade do ar estão ajudando.” (Fonte: G1)